No primeiro dia do próximo ano, a IBM muda de mãos e passa a ser liderada por uma mulher pela primeira vez na sua história. Virginia Rometty assume a presidência executiva da empresa, lugar ainda ocupado por Sam Palmisano.


A nova CEO da empresa norte-americana está na IBM há 30 anos como engenheira de sistemas. Já foi vice-presidente sénior da IBM Global Business Services, gerindo a aquisição da PwC Consulting. Atualmente com 54 anos supervisiona as vendas globais da companhia, com responsabilidades na área dos resultados, estratégia, marketing e comunicações.


"A Ginni vai trazer para o cargo de CEO uma combinação única de visão, focus no cliente e paixão pelos IBMers e pelo futuro da companhia", defende o ainda CEO da empresa Sam Palmisano, que a partir de janeiro se mantém na empresa como chairman.


A ascenção de uma mulher à liderança da IBM vai reforçar a presença do sexo feminino num setor dominado por homens, mas onde começam a ver-se mulheres em alguns cargos de liderança.


A HP é outro dos gigantes das TI que tem apostado em mulheres na liderança. Depois de durante anos ter Carly Fiorina na liderança, voltou a dar lugar a uma senhora: Meg Whitman, é a atual CEO.


Carol Bartz é outro nome que ilustra a crescente presença feminina na liderança das tecnológicas. Já foi CEO da Autodesk e da Yahoo. Outros exemplos apontam a mesma tendência.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.