A Priberam assinou hoje um acordo que marca oficialmente a entrada da empresa portuguesa no mercado espanhol. A parceria, estabelecida com a Imaxin, contempla igualmente outros países hispânicos da América do Sul.

O acordo firmado esta quarta-feira em Santiago de Compostela (Galiza) visa a exploração conjunta do mercado global de produtos e serviços de tecnologia linguística para todas as variantes de português e de espanhol, numa altura em que os dados oficiais mostram que o número de pessoas que falam nativamente as duas línguas ultrapassa os 500 milhões em todo o mundo.

"A entrada no mercado espanhol era um dos nossos objectivos, quer pela proximidade geográfica, quer pela proximidade em termos de língua, que nos levou a investir também em recursos e tecnologias para o espanhol nos últimos anos", refere Carlos Amaral, CEO da Priberam, num comunicado enviado à imprensa.

Segundo o responsável, este acordo de parceria permitirá à Priberam "chegar mais rapidamente e com menos custos aos clientes espanhóis" e, ao mesmo tempo, "alargar a nossa oferta a outros mercados, nomeadamente na América do Sul onde, por agora, estamos apenas no Brasil".

Refira-se que a empresa portuguesa estabeleceu recentemente um acordo com a Amazon, que passou a integrar o seu dicionário nos novos leitores de ebooks Kindle.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.