Depois de a Nokia ter interposto um conjunto de processos contra a fabricante norte-americana, no mês passado, os papéis inverteram-se, e agora foi a Qualcomm que anunciou a entrada de duas novas queixas contra a empresa europeia.



De acordo com o comunicado emitido pela fabricante norte-americana os dois processos apresentados em tribunal estão relacionados com a infracção a cinco patentes relacionadas com as descargas de aplicações sobre redes sem fios e com a utilização de descodificadores de voz em determinados modelos de telemóveis com tecnologia GSM, GPRS e EDGE.



Com estes processos a Qualcomm pretende que seja proibida a venda dos equipamentos em questão e exige receber uma compensação pelos danos associados à venda dos dispositivos que, entretanto, já foram comercializados.



A decisão da empresa norte-americana surge uma semana antes de expirar o acordo de licenças com a Nokia e que prevê que a Qualcomm receba cinco por cento das vendas de cada telemóvel que utilize as suas patentes.

Notícias Relacionadas:

2007-03-19 - Domínio sobre patentes dá origem a novo processo da Nokia contra a Qualcomm

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.