A batalha judicial entre a Apple e a Samsung continua. Se primeiro foi a fabricante norte-americana a exigir judicialmente o acesso aos produtos Galaxy, agora é a vez da gigante coreana pedir aos tribunais que obriguem a Apple a mostrar-lhe, antecipadamente, os novos iPhone e iPad.

O pedido acaba por ser "invulgar" uma vez que estamos a falar de duas empresas rivais, e que a Samsung quer aceder aos dispositivos antes que estes sejam anunciados oficialmente, "para comprovar que não usam nenhuma das suas tecnologias patenteadas", alega.

A acção da Samsung surge em resposta a um processo intentado pela Apple em Abril, e recentemente aprovado pelos tribunais, mas em que a empresa gerida por Steve Jobs requereu acesso aos produtos Galaxy.

Nesse processo a Apple acusava a fabricante sul coreana de "copiar deliberadamente" produtos como o iPhone e o iPad. Na base das acusações está a linha de smartphones e tablets Galaxy, da Samsung, que segundo a empresa norte-americana terão design, interface de utilização e embalagens idênticos aos utilizados nos seus equipamentos.

Enquanto a Apple pediu para ver dispositivos que já se sabe que serão lançados, a fabricante coreana pede acesso antecipado aos futuros modelos da concorrente.

A Samsung argumenta que quer ver os produtos da Apple que irão concorrer com os seus, de modo a precaver-se de um possível pedido, por parte da rival, para a retirada do mercado dos mesmos.

Por último, diz no requerimento apresentado, que é uma questão de "justiça": se tem de mostrar produtos novos à Apple, então a empresa de Steve Jobs deve fazer o mesmo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.