Está em Lisboa e a sua cara-metade em Roma, mas no próximo fim de semana terá oportunidade para acabar com as saudades, desde que seja numa capital europeia a meio caminho. Desafio: encontrar os melhores preços e viagens que coincidam minimamente nas horas e datas de chegada e partida para aproveitar ao máximo o tempo disponível.



Um grupo de quatro amigos descobriu que a tarefa nem sempre é fácil e que quanto mais gente, em pontos distintos do globo, juntar ao encontro, mais trabalhoso se torna encontrar soluções porque as opções são muitas e os serviços disponíveis estão focados na pesquisa individual de informação. Para resolver o problema criaram o Seeusoon.



A plataforma online serve para fazer pesquisas individuais ou para grupos, a partir de um máximo de cinco cidades distintas. Quando entra no site o utilizador escolhe uma das três opções de pesquisa: casal, grupo ou individual. Insere os dados de localização de cada um, datas e recebe de volta várias sugestões de locais onde será viável marcar um encontro nas datas solicitadas, apresentadas por preço.



A primeira versão do site acaba de ser lançada e os próximos passos já estão bem delineados, como explicou ao TeK Pierre Becerril, CEO da companhia e um dos quatro fundadores.



"Os nossos próximos passos em termos de desenvolvimento serão o lançamento de uma aplicação móvel do nosso serviço e juntar serviços de alojamento, para que as pessoas posam de facto planear a viagem perfeita diretamente a partir do nosso site".



Os fundadores da Seeusoon têm nacionalidade espanhola, francesa, italiana e polaca, mas escolheram Lisboa para fixar a sede da empresa e é por cá que tencionam ficar, mesmo quando terminarem o programa de aceleração em que estão a participar - o Lisbon Challenge.



"Estudei em Lisboa há quatro anos e apaixonei-me pelo país", conta Pierre Becerril, que entretanto viu na oportunidade de participar no programa da Beta-i uma boa opção para continuar em Portugal. O custo de vida relativamente baixo foi outro aspeto que pesou na decisão e o plano dos quatro empreendedores agora passa por viajar para Londres e para os Estados Unidos para apresentar a startup a investidores, quando o Lisbon Challenge acabar, mas mantendo a base das operações em Lisboa.



Os fundadores da Seeusoon acreditam que os 33 milhões de emigrantes que existem na Europa neste momento dão potencial ao conceito que estão a desenvolver, porque embora a pesquisa de viagens esteja cada vez mais acessível - há centenas ou milhares de serviços online que contribuem para isso - o mercado continua muito fragmentado. A procura de informação sobre voos para mais do que uma pessoa em simultâneo, partindo de diferentes localizações, continua a ser complicada e a exigir muito tempo.



A nova plataforma tira partido da base de dados da Skyscanner, usada por muitos outros serviços online de pesquisa de viagens. Pierre Becerril explica que a opção foi uma forma de permitir à equipa concentrar-se a 100% no desenvolvimento das funcionalidades diferenciadoras que tinham para oferecer, mas não afasta a hipótese de no futuro a Seeusoon desenvolver a sua própria base de dados e usar apenas tecnologia própria.



Até lá o negócio vai continuar rolar pelas mãos dos quatro fundadores, mas a equipa está em vias de crescer e desta vez para juntar portugueses à "tripulação". O processo de seleção já está em marcha.

Cristina A. Ferreira

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.