(Actualizada) Nem Facebook, nem Google. O interesse pelo Skype afinal foi "concretizado" pela Microsoft. A empresa criada por Bill Gates confirmou que vai avançar com a compra do serviço e Voz sobre IP, avaliada em 8.500 milhões de dólares.

O negócio é considerado o mais "expressivo" desde que a gigante do software começou a investir na Internet, nota o The Wall Street Journal, a primeira a adiantar que a compra ficaria fechada esta terça-feira.

Na semana passada era a Reuters que avançava que o Skype estaria a ser disputado pelo Facebook e a Google, estando na mesa tanto a possibilidade de aquisição como a concretização de parcerias.

Este não foi o único rumor sobre possíveis interessados no serviço de voz sobre IP. Outro igualmente recente colocava a Cisco no papel de compradora, como o TeK noticiava na altura.

Na informação agora veiculada, o The Wall Street Journal citava fontes próximas do processo e garantia que a compra, que esteve a ser negociada durante na noite de segunda-feira nos Estados Unidos, estaria prestes a ser divulgada. O que acabou por acontecer num anúncio protagonizado por Steve Ballmer.

O CEO da MIcrosoft referiu que o Skype vai ser transformado numa nova divisão de negócios dentro da Microsoft, gerida pelo presidente-executivo do próprio serviço, Tony Bates.

O Skype tinha sido foi comprado em 2005 pelo eBay, que passados quatro anos vendeu 70% do negócio a um grupo de investidores, que pagaram 2,75 mil milhões de dólares pelo activo.

O serviço conta actualmente com mais de 660 milhões de contas, ainda que muitas delas registem pouca actividade ou estejam mesmo inactivas.

Nota de Redacção: A notícia foi actualizada com a confirmação do negócio por parte da Microsoft.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.