O mercado da eletrónica em Portugal está de boa saúde e recomenda-se. No terceiro trimestre do ano foi registado um crescimento superior a 11% quando em comparação com igual período de 2013. O segmento das telecomunicações, onde estão incluídos os smartphones, foi o que mais cresceu durante o último ano, ao apresentar um registo quase 30% superior.



No total os portugueses gastaram 617 milhões de euros em produtos de eletrónica entre os meses de julho e setembro deste ano. As telecomunicações contribuíram com 159 milhões, com as tecnologias da informação a ocuparem a segunda posição – e que engloba computadores e tablets.



Em comunicado a GfK destaca o crescimento de 7% registado na compra de tablets, mas apesar deste resultado positivo, ainda são os computadores quem mais contribui para o grosso das receitas conseguidas em TIC.



Quem também está com toda a garra, de acordo com os dados da empresa de análise, são os pequenos eletrodomésticos que registaram um crescimento de quase 14% em comparação com 2013. Os 48 milhões de euros registados em receitas têm sobretudo origem em equipamentos de cuidado para o cabelo, torradeiras e chaleiras elétricas.

[caption]Temax[/caption]

[caption]Temax[/caption]

Olhando para os índices disponíveis sobre o mercado da eletrónica em Portugal é fácil perceber que apenas há um segmento em crise, o da fotografia. Na análise da GfK é referido que existem segmentos que estão a atrair o interesse dos consumidores, como as smart cameras e as compactas de lentes intermutáveis, mas ainda assim a quebra é muito significativa: perto de 28%.

Os smartphones são apontados como a causa direta deste mau desempenho, isto porque os telemóveis inteligentes, com sensores fotográficos cada vez mais potentes, são escolhidos como equipamento principal para a fotografia ocasional.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.