O reforço da posição da Sonae SGPS na Sonaecom aumenta assim para os 74%, uma vez concretizada a opção de compra da posição detida pela Orange, empresa do grupo France Telecom.



O direito de preferência na compra da quota do operador francês estava previsto num acordo assinado pelas partes em fevereiro deste ano. Uma vez acionado e concretizado pela Sonae, o negócio deixa a France Telecom completamente fora do capital da empresa que detinha a Optimus, antes da fusão realizada entre esta e a Zon Multimédia.



Com a operação, a Sonae SGPS comprou mais de 73 milhões de ações da Sonaecom e aumentou em 20% a posição detida na empresa, que inclui ativos como a Saphety, a WeDo ou a Mainroad.



A France Telecom era acionista da Sonaecom há mais de uma década. Nos últimos anos foi por diversas vezes notícia a intenção do operador francês de alienar a posição detida na operadora portuguesa.



No entanto, essa vontade concretizou-se apenas este ano e na sequência da operação de fusão que retirou da empresa portuguesa o controlo do seu ativo mais relevante, a Optimus.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.