A Sonaecom anunciou a autonomização da Saphety, uma unidade da Novis que presta serviços de comunicações seguras a empresas, utilizando uma infra-estrutura própria de certificação digital.



A tecnologia da Saphety permite a circulação via Internet de encomendas, facturas, guias de remessa e outras mensagens de negócios de forma segura, explica a Sonaecom em comunicado. A empresa fornece ainda uma plataforma de facturação electrónica que permite abolir documentos contabilísticos e presta serviços na área da certificação digital, no âmbito de uma parceria com a RSA Security.



A empresa de comunicação segura entre empresas nasceu na área de negócio Trusted Services da Novis em 2000. Mais tarde passou a integrar uma área de negócio autónoma, com a designação Xcom e só há ano e meio passou a designar-se Saphety, explica a Sonaecom em comunicado.



A tecnologia da Saphety está integrada com alguns dos principais softwares de gestão disponíveis no mercado português como a Microsoft, Minimal, PHC, Primavera, Risa, Sage, e T.I. Tecnologia Informática, garantindo uma utilização mais simples da rede segura da Saphety pelos clientes daqueles produtos.



Em 2006, a empresa processou 3 milhões de facturas. Entre os principais clientes estão várias retalhistas como o grupo Auchan, a Jerónimo Martins ou a Modelo Continente, também do grupo Sonae. A Saphety conta actualmente com 14 colaboradores e prevê chegar ao final do ano com cerca de duas dezenas. Nas actividades para este ano está prevista a abertura de um centro de I&D em Évora numa parceria com a universidade.



O centro de I&D começa a funcionar na última semana deste mês com duas equipas que irão dedicar-se à investigação aplicada nas áreas de interesse da Saphety "com um foco de médio longo prazo" e a projectos de desenvolvimento "direccionados para necessidades de curto prazo, relacionados com produtos e serviços que compõem a oferta comercial da Saphety", explicou ao TeK Artur Romão, director-geral da Saphety.



No que diz respeito ao investimento, o responsável prevê custos operacionais associados ao novo centro na ordem dos 100 mil euros este ano. Ao longo de 2007 a estrutura vai apoiar em termos de desenvolvimento a oferta actual da Saphety "sobretudo no que respeita a serviços de facturação electrónica e secure messaging, incluindo o lançamento de algumas novidades no mercado".



Nota de Redacção [13-03-2007 11:01]: A notícia foi actualizada com declarações de Artur Romão, director geral da Saphety.


Notícias Relacionadas:

2003-02-20 - Novis desenvolve novo serviço de certificação digital em associação com RSA Security

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.