A Sony comprou a parte da Ericsson na joint venture que as duas empresas mantinham para a área de telemóveis. A fabricante japonesa pagou 1,05 mil milhões de euros (em dinheiro) para passar a deter o negócio na íntegra, anunciou num comunicado de imprensa.

A transação dota também a Sony de uma série de patentes que pertenciam à Ericsson e da liberdade de integrar na linha de equipamentos de telefonia móvel os seus produtos e conteúdos online - música, vídeos e jogos-, da forma que bem entender.

Até à data os tablets, jogos e outros equipamentos de eletrónica de consumo assinados pela Sony tinham sido mantidos à parte da linha de telefones comercializados com a marca Sony Ericsson.

A mudança reveste-se de especial importância para a Sony num momento em que esta procura reforçar a sua oferta destinada ao mercado de consumo e fazer face a gigantes como a Apple ou a Samsung, notam os analistas.

No comunicado, a empresa afirma que poderá agora passar a oferecer, "de forma mais rápida e generalizada, smartphones, portáteis, tablets e televisões conectáveis entre si de forma simplificada, abrindo novos mundos de entretenimento online".

O anúncio oficial vem confirmar os rumores que há algum tempo circulavam nos meios especializados a respeito das intenções da Sony de assumir o comando da joint venture fundada em 2001.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.