Uma análise da IronPort Systems mostra que o correio electrónico não solicitado aumentou mais de 50 por cento no último ano e meio. A tendência é cada vez mais o envio de spam de imagens - uma variante mais difícil de detectar -, que perfaz agora 37 por cento do total de mensagens não solicitadas registadas, ou seja, mais 28 por cento do que na mesma altura do ano passado.



David Mayer, director de produto da empresa, refere que, actualmente, um em cada três emails contêm imagens de spam, o que mostra que os criadores deste tipo de ameaça "desenvolvem formas de envio mais sofisticadas utilizando técnicas denominadas polka dots ou slice&dice através de redes zombie", entre outras técnicas.



Ambas as técnicas mencionadas pelo responsável estão relacionadas com os comandos de programação das mensagens. O efeito de fundo das imagens é alterado para que cada uma delas pareça diferente, o que acaba por dificultar o rasteio feito pelos filtros anti-spam.



O envio de spam através de redes bot é, de acordo com David Mayer, responsável por 95 por cento do total de mecanismos de endereçamento das mensagens de correio não solicitado.



Neste sentido, o director da IronPort adverte os utilizadores relembrando "o perigo dos cliques em links desconhecidos, por mais atractivos que estes possam parecer".



Notícias Relacionadas:

2007-03-15 - Mensagens de spam totalizam 95% dos emails enviados em 2006
2007-01-05 - Spam de imagens representa 35% de todas as mensagens não solicitadas

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.