A fabricante alemã encerrou o seu exercício fiscal com lucros na ordem dos 1,89 mil milhões de euros, o que supõe uma redução de 1,6 por cento face aos valores obtidos um ano antes. Por outro lado, as receitas anuais fixaram-se nos 11,57 mil milhões de euros, que representa um crescimento de 12,93 por cento face ao exercício anterior.

No que se refere ao último trimestre da SAP, foram registados lucros na ordem dos 850 milhões de euros - mais 13 por cento em termos homólogos - e receitas na ordem dos 3,488 mil milhões de euros, o que constitui um aumento de 8 pontos percentuais face ao mesmo período do ano passado.

A acompanhar os resultados, a fabricante anuncia que irá implementar novas medidas internas para a redução de custos. Como tal, serão dispensados até ao final deste ano mais de três mil trabalhadores, ou seja, quase 6 por cento da equipa de trabalho. Segundo a SAP, a nível da operação nacional, "estas medidas de contenção de custos para 2009 terão um impacto muito reduzido ou mesmo insignificante".

Através desta estratégia, a companhia espera atingir um nível de poupança entre os 300 e os 350 milhões de euros anuais em custos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.