Os 967,7 milhões de euros em prejuízos, registados para o trimestre decorrido entre julho e setembro, representam uma queda de 561%, face aos resultados apresentados para o mesmo período, há um ano. Na nota que informa sobre os resultados a empresa avaliou as perdas decorrentes da deterioração da atividade na área dos telemóveis em 176 mil milhões de ienes (1,2 mil milhões de euros).



Áreas com a dos jogos registaram um desempenho mais positivo, com as vendas a aumentarem de forma muito significativa. A comercialização de hardware, jogos, produtos e serviços aumentou 83,2%, para 309 mil milhões de ienes, ou 2,2 mil milhões de euros, que contribuíram para aumentar as vendas totais da divisão para 21,8 milhões de ienes (155 milhões de euros).


A mesma tendência refletiu-se na generalidade das restantes áreas de negócio: imagem digital, vídeo e áudio, dispositivos, cinema e serviços financeiros. Em termos globais as vendas da Sony aumentaram 6,5% para os 3,7 mil milhões de ienes, o equivalente a 26,3 milhões de euros.


As previsões de resultados financeiros da fabricante japonesa para 2014, mantêm-se inalteradas e negativas. A empresa estima fechar o ano com prejuízos na ordem dos 230 mil milhões de yenes, ou 1,6 mil milhões de euros, quase o dobro do valor registado há um ano, uma estimativa que a empresa já tinha apresentado ao mercado em setembro.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.