A fabricante japonesa anunciou o fim da disputa judicial sobre patentes dos chips de memória flash ao comprar parte das patentes dos mesmos à Micron Technology, assim como, a totalidade das licenças de para todas as patentes detidas pela Lexar Media - adquirida em Junho pela Micron.


O valor da aquisição fixou-se nos 226 milhões de euros, revelam as duas empresas em comunicado.


A Toshiba viu-se envolvida numa batalha judicial com a Lexar no início deste ano, por uma suposta apropriação ilegal de patentes de memória flash.


A Lexar pediu que a fabricante nipónica parasse a importação dos dispositivos para os Estados Unidos, uma vez que estes chips infringiam os direitos de propriedade intelectual detidos pela empresa norte-americana.


Em comunicado a Toshiba refere que a Micron esteve receptiva a todas as partes implícitas no processo, "um trabalho aberto e em equipa que permitiu levar o litígio a bom porto", afirmou Masashi Muromachi, presidente da fabricante japonesa.


Steve Appleton, presidente da Micron referiu o respeito pela Toshiba "como empresa inovadora em tecnologia flash", referindo que o processo não terá continuação.


Notícias Relacionadas:
2006-09-01 - Leitores HD DVD da Toshiba chegam à Europa em Novembro

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.