A fabricante vendeu 118 mil equipamentos, das cerca de 548 mil unidades comercializadas ao longo do ano passado no mercado português, segundo dados do Observatório Toshiba revelados esta quarta-feira, assegurando uma quota de 22%.

Para 2013 os objetivos passam por manter a venda de mais de 20% dos portáteis adquiridos pelos portugueses e crescer 5% acima do mercado. "Portugal é único país da EMEA onde a Toshiba continua a ter uma quota acima dos 20%, na luta pela liderança", sublinhou Jorge Borges.

Outra das metas é "ganhar sempre alguma quota de ano para ano", acrescentou o diretor de marketing da operação ibérica, olhando para 2014 com otimismo.

A Toshiba pretende cumprir os seus objetivos mantendo um investimento estratégico no mercado empresarial, reforçada recentemente com novos equipamentos, mas sem perder o enfoque no mercado de consumo, onde existirão novas propostas.

A aposta passa também pela consolidação da parceria com a Microsoft para o ecossistema Windows, por toda a relevância e interesse que as empresas continuam a mostrar pelo sistema operativo, assim como pelo fator de complementaridade que representa no mercado de consumo.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.