A Tesla poderá estar prestes a expandir as suas infraestruturas com a construção de mais três fábricas de automóveis. A hipótese foi colocada em cima da mesa pelo próprio CEO da empresa, Elon Musk, numa carta enviada esta quinta-feira aos accionistas. De acordo com o empresário, a companhia "espera finalizar a procura por um local para as Gigafactories 3, 4 e, possivelmente, 5 (a 2 é a central solar em Nova Iorque)".

A empresa tem urgência em aumentar a sua capacidade de produção de veículos. Só desde março do ano passado foram recebidas cerca de 400 mil pré-encomendas do Model 3 e as vendas dos modelos S e X aumentaram em 49% no quarto trimestre de 2016 face ao período homólogo. Em contrapartida, a empresa tem falhado metas de produção. Em 2016, quando a empresa esperava entregar entre 80 mil a 90 mil carros, os registos indicam apenas 76.230 entregas.

Apesar deste resultado, a Tesla anunciou também que conseguiu bater as previsões mais otimistas de Wall Street, gerando 2,28 mil milhões de dólares em receitas contra os 2,16 mil milhões estimados pelos analistas.

A produção do Model 3 deverá começar no próximo mês de julho.

Portugal, onde a Tesla já inaugurou um site local em 2017 e até final do ano deve abrir uma presença física, pode ser um dos países escolhidos pela marca norte-americana para montar mais uma gigafabrica, como têm avançado algumas notícias.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.