Na decisão do passado dia 20 de junho o tribunal britânico de patentes considerou que duas versões da consola de jogos japonesa e um comando - Wii, Wii U e Wii Remote - infringem as patentes 498 e 650 da Philips.



As patentes em questão dizem respeito a movimento, gestos e controlo de posicionamento e estão disponíveis, através de um programa de licenciamento, para fabricantes de set-of-boxes e de consolas de jogos, tinha já explicado a Philips.


A empresa europeia terá tentado chegar a acordo com a Nintendo, antes de avançar para a justiça no Reino Unido e na Alemanha, mas garante que não foi possível alcançar um entendimento nas negociações, que terão tido início ainda em 2011.


A Nintendo garantiu entretanto que vai recorrer da decisão judicial. A empresa emitiu ainda uma declaração, onde garante que vai fazer todos os esforços para continuar a vender os seus produtos sem qualquer alteração.



"A Nintendo tem uma longa história no desenvolvimento de produtos inovadores, mantendo o respeito pelos direitos de propriedade intelectual de outros".

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.