Com um 2014 recheado de altos e baixos, a Uber quer fazer de 2015 um ano ainda mais produtivo e vê na Europa uma oportunidade para expandir as suas ofertas. O CEO da empresa referiu este domingo que tem planos para colaborar com os governos locais e levar a cabo novos projetos que irão criar milhares de novos postos de trabalho.



Utilizada por muitos, odiada por outros: a Uber é uma aplicação para as plataformas móveis que oferece alternativas ao transporte privado, como o táxi, mas que também compete noutra área. Entre os vários serviços, o UberPool, que propõe transporte partilhado entre pessoas com o mesmo destino, será a nova aposta da empresa norte-americana no velho continente.



Travis Kalanick, presidente da empresa, esteve este domingo num evento em Munique e garantiu que o futuro da Uber, passará em larga medida pela Europa: "queremos que 2015 seja o ano em que estabelecemos novas parcerias com cidades da União Europeia. A ideia é assegurar a inovação, aumentar os benefícios económicos e melhorar o funcionamento das cidades".



Kalanick revela que a Uber tem planos para colaborar com os governos locais, para aumentar o leque de soluções na Europa, rever preços dos serviços e acelerar o processo de obtenção de licenças de condução. Todos os condutores ao serviço da Uber têm de ter uma licença profissional de condução.



Com isto, a Uber estima que poderá tirar das estradas europeias cerca de 400 mil carros e criar 50 mil novos postos de trabalho, disse o responsável.
A Uber já está em Portugal, onde disponibiliza o mais popular dos seus serviços, o UberX, que permite chamar uma 'boleia' privada num carro de gama média, ou o Uber Black, para quem prefere veículos topo de gama. Atualmente, Porto e Lisboa são as únicas cidades em Portugal onde se pode usufruir do serviço.



Com presença em mais de 250 cidades espalhadas por 50 países, a Uber é acusada pelos taxistas de concorrência desleal, uma acusação que já levou à proibição do serviço em países como França ou Espanha. Noutros países, como a China ou a India, problemas com motoristas ao serviço da empresa também resultaram na proibição da Uber em algumas cidades.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.