Cerca de 21 milhões de utilizadores, ou um em cada seis internautas norte-americanos, já acedeu à Internet utilizando a uma webcam com o objectivo de ver alguma pessoa ou um lugar remoto. Os números são revelados por uma pesquisa divulgada ontem pela Pew Internet & American Life Project.

O estudo, efectuado entre os meses de Fevereiro e Março, também indica que o uso de câmaras web é mais frequente em lares que possuem ligação à Internet em banda larga. Nesses casos, 19 por cento dos inquiridos afirmaram ter uma câmara para uso na Web, enquanto nas casas com acesso dial-up a mesma taxa cai para 13 por cento.

Esta é a primeira vez que a Pew efectuou uma pesquisa na área das webcams de maneira que, não é possível fazer uma comparação com dados anteriores para verificar o peso que este serviço representa. Contudo, sabe-se que a utilização de webcams tem vindo a aumentar nos últimos anos e de forma diferente mediante o facto do utilizador ser um particular ou empresa. Este crescimento é justificado pelos preços acessíveis e a fácil instalação do aparelho.

O estudo conclui ainda que num universo de cinco utilizadores, três são do sexo masculino. Enquanto a percentagem de internautas do sexo masculino se traduze em 60 por cento dos 21 milhões de norte-americanos, a percentagem de mulheres que acede à Internet com este fim é de 40 por cento.

Contrariamente aos estudos efectuados noutras áreas em que as características demográficas têm uma forte influência nos resultados, aqui estas diferenças não são significativas.

Notícias Relacionadas:

2005-06-16 - Horas de navegação na Internet atingem recordes em Maio

2005-04-19 - Microsoft reforça estratégia para Instant Messaging através de parceria com RIM

2005-03-23 - Messenger do SAPO oferece SMS a partir do PC

2005-02-16 - Recurso a programas de instant messaging cresce entre internautas portugueses

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.