O jogo português Under Siege foi o principal vendedor da edição 2010 dos Prémios Zon Criatividade em Multimédia. Lançados em 2008 os galardões receberam este ano mais de 200 trabalhos concorrentes.



O trabalho vencedor da principal categoria foi desenvolvido pela empresa portuense Seed Studio para a PlayStation 3. O Under Siege é um jogo de estratégia em tempo real e é o primeiro jogo nacional para a terceira geração das consolas PlayStation da Sony. Agora é também o vencedor do prémio Zon na categoria Conteúdos e Aplicações Multimédia, no valor de 80 mil euros.



Na mesma categoria foi ainda premiada a primeira ferramenta multitoque desenhada especificamente para utilização regular em televisão, a Beam Browser, que recebe 12.500 euros.



O terceiro classificado da mais recente edição dos prémios Zon foi também um jogo. Neste caso o Billabong Surf Trip, que no âmbito da distinção arrecada 7.500 euros.



Na Categoria Animação Digital o grande vencedor foi a Daydream Chronicles, uma série de animação infantil produzida pela Gameinvest. No segundo lugar ficou Foxy & Meg e no terceiro Dream Factory. Os prémios nesta categoria foram de 30 mil, 12.500 e 7.500 euros.



Nas Curtas-Metragens o prémio máximo foi para Pedro Resende, que venceu com um trabalho baseado em factos reais, rodado nos Estados Unidos, no Texas. O trabalho que arrecadou o prémio de 30 mil euros chama-se Maybe.



Quando os Monstros se vão Embora de Bernardo Gramaxo e Tejo, de dois amadores, conseguiram prémios para o segundo e terceiro lugar da categoria, de 12.500 euros e 7.500 euros, respectivamente.



Os vencedores dos prémios Zon, em cada categoria, recebem ainda uma Bolsa de Estudo com Estadia na Universidade Austin, Texas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.