O número de subscritores de serviços de Internet móvel vai crescer dos actuais 577 milhões para 1,7 mil milhões em 2013, alimentado pela procura de aplicações Web 2.0 e uma maior taxa de penetração das redes 2.5/3G, prevê a Juniper Research.




Para a consultora, a região da Ásia que inclui a China será o maior mercado para a Web móvel, somando perto de 416 milhões de utilizadores em 2013, de 190 milhões previstos para este ano. A América do Sul é apontada como outro mercado com grande potencial.




Relativamente aos players de mercado, o estudo refere que os operadores móveis estabelecidos vão enfrentar a concorrência crescente de empresas Web, tendo que adaptar as suas estratégias comerciais, dando lugar a uma maior colaboração com outros membros da cadeia de valor, se quiserem fazer crescer as receitas da Web 2.0 móvel.




"O surgimento das redes sociais, dos conteúdos produzidos pelos utilizadores, do instant messaging ou dos serviços de localização exigem uma oferta da Internet móvel na forma como foi originalmente concebida, isto é, como um ambiente no qual os utilizadores podem partilhar, colaborar e explorar conteúdos e informação sem que ninguém controle a cadeia de valor", refere a Jupiner Research.




Tal reflecte-se numa mudança fundamental para a indústria em direcção ao modelo D2C (direct-to consumer), pressionando cada vez mais os operadores de rede móvel, e os fabricantes de terminais em particular, a depositar algum do controlo que possuem sobre a cadeia de valor, abrindo as suas redes e dispositivos a terceiros.




Notícias Relacionadas:

2008-03-31 - Acesso de banda larga móvel cresce 850% em todo o mundo


2008-03-04 - Portugueses aderem em força à banda larga móvel

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.