Os portugueses mostram um "grau de satisfação global elevado" relativamente às operadoras de rede móvel que subscrevem. Numa escala de um a 10, o valor médio de satisfação atribuído pelos utilizadores de telemóvel, inquiridos pela Marktest no passado mês de Novembro, relativamente aos serviços prestados pelos operadores é de 8,5.



Entre os inquiridos, 20,8 por cento chega mesmo afirmar estar "totalmente satisfeito" com o seu operador de telecomunicações móveis, atribuindo-lhe a nota máxima (10). Apenas 0,2 por cento dos entrevistados dão a nota mais baixa (1) ao seu operador, revela o mesmo estudo efectuado pela Marktest.



Apenas dois dos aspectos questionados receberam uma avaliação inferior a 8, a primeira relativa à cobertura no interior dos edifícios e a segunda à rede de lojas do operador, respectivamente 7,47 e 7,80.



A qualidade das comunicações foi o aspecto que conseguiu a melhor avaliação do conjunto observado entre os inquiridos, com um índice de 8,19 para a média do universo.



A análise teve como base indicadores do estudo Barómetro de Telecomunicações da Marktest, de Novembro de 2005, para o universo composto pelos residentes em Portugal com idades entre os 15 e os 64 anos.


Notícias Relacionadas:
2005-08-31 - Cartões pré-pagos preferidos por mais de 80% dos clientes das redes móveis
2005-08-06 - Redes móveis com boa capacidade para manter comunicações de longa duração

2005-03-04 - Redes GSM mostram bom nível de cobertura e desempenho em centros urbanos e eixos ferroviários

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.