Desde que chegaram ao mercado no início do milénio os LCD têm sido um negócio em crescimento, com as vendas a baterem recordes de ano para ano, sobretudo depois que os preços dos dispositivos começaram a baixar e as ofertas puderam começar a dirigir-se a uma gama mais vasta de consumidores.

A descida de preços é precisamente um dos factores na origem da viragem prevista pela DisplaySearch para o sentido de evolução das receitas em 2009. A empresa antecipa que a facturação do mercado de televisores LCD irá cair 16 por cento, para os 64 mil milhões de dólares. A confirmar-se a previsão, será a primeira vez desde o início da década que o mercado de LCDs perde valor.

Em termos de unidades vendidas os números são mais animadores, mas já foram revistos. Para este ano a empresa de estudos de mercado prevê que as vendas aumentem 29 por cento para 102,2 milhões de unidades. Valores positivos mas que ainda assim são resultado de uma revisão em baixa, já que as primeiras estimativas apontavam para vendas de 105,8 milhões de unidades.

Para 2009, as previsões apontam para que o mercado cresça 17 por cento para 119,9 milhões de unidades. A estimativa anterior indicava a venda de mais 11,5 milhões de unidades.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.