O semestre compreendido entre os meses de Abril e de Setembro deste ano foram pautados pelos resultados positivos da Vodafone no mercado nacional, que viu os seus lucros e a base de clientes aumentarem face ao período fiscal homólogo.


As receitas dos serviços aumentaram cinco por cento no referido semestre, face ao valor registado no mesmo período do ano transacto, o que fixa as receitas desta área nos 627 milhões de euros, um número que perfaz 39 por cento do total de receitas de serviços.



No total os proveitos da Vodafone aumentaram para 681 milhões de euros no seu primeiro semestre fiscal, altura em que foram angariados 305 mil novos clientes, o que garante à operadora 52 por cento dos novos clientes móveis em Portugal, adianta a empresa.



A operadora justifica ainda, em comunicado, que, como resultado de "uma correcção extraordinária decorrente da uniformização do critério de contabilização de Clientes de planos pré-pagos não activos (145 mil), o número reportado de novos Clientes foi de 160 mil Clientes no período, o que corresponde a uma base de 4,437 milhões Clientes registados em 30 de Setembro de 2006".



Paralelamente, foi hoje anunciada pelo Grupo Vodafone a extensão da sua base mundial de clientes para os 191,6 milhões - um valor considerado de forma proporcional à percentagem da participação do grupo no capital das empresas presentes nos vários 59 países onde actua - e facturação de 15,6 mil milhões de libras esterlinas no semestre em causa.

Notícias Relacionadas:

2006-11-06 - Vodafone estreia-se nos telemóveis 3G de marca própria e anuncia parceria com Microsoft

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.