A Yahoo International Subsidiary aumentou o empréstimo concedido à sua filial espanhola para oito milhões de dólares de modo a salvar a empresa da dissolução. Os prejuízos acumulados nos últimos seis anos levaram a Yahoo Iberia a encerrar o exercício fiscal de 2003 com fundos próprios negativos de 5,65 milhões de euros, numa situação em que o passivo é superior ao activo e que obriga uma empresa a dissolver-se caso não encontre solução financeira alternativa, noticiou a publicação CincoDías.com.




O primeiro empréstimo da holding à filial espanhola rondou os 2,2 milhões de dólares e data de Dezembro de 2002. A Yahoo Iberia foi fundada em Junho de 1998, apresentando sempre prejuízos, apesar das melhorias verificadas em termos de facturação.




Segundo contas da PricewaterhouseCoopers, o total dos prejuízos do último exercício ascendeu a 3,28 milhões de euros, o que compara com 2,22 milhões no ano anterior.




Com uma duração inicial de três anos, a nova injecção de capital tem uma remuneração pouco habitual, de acordo com o Cinco Días. A Yahoo Iberia deve pagar juros de 10 por cento sobre os lucros antes de impostos e juros do ano fiscal, até à amortização total do empréstimo.




Notícias Relacionadas:

2002-08-05 - Yahoo regressa ao negócio dos leilões online na Europa em parceria com QXL Ricardo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.