A YDreams anunciou a venda de uma patente nos Estados Unidos. O negócio, sublinha a empresa, é mais um passo na estratégia de internacionalização da empresa sedeada no Monte da Caparica e pode ser um passo importante para despertar o interesse daquele mercado pelas tecnologias da empresa, acredita a YDreams.



"Da perspetiva portuguesa, a comercialização de patentes de TI é um acontecimento raro, por isso este é mais um passo importante no posicionamento que queremos ter no mercado norte-americano", sublinha Miguel Gomes, Intellectual Property Manager da YDreams.



Na mesma note explica-se que a propriedade intelectual agora alienada pela empresa é "conhecimento não-estratégico para as unidades de negócio da YDreams".



A patente em questão protege a comercialização de tecnologia que pode ser implementada em dispositivos com ligação à Internet. O processo envolvido "usa os perfis dos clientes e registos temporais, geográficos e de relevância para melhorar a experiência dos utilizadores através da geração automática de sugestões", explica-se.



A YDreams especializou-se no desenvolvimento de propriedade intelectual na área dos interfaces naturais, processamento de imagens e realidade aumentada.



Com escritórios de Espanha e no Brasil, a empresa tem projectos realizados para clientes em vários pontos do mundo, como a Adidas, Nike, Nokia ou Microsoft.



Desde a fundação que tem mantido uma aposta em mercados internacionais, tendo sido o mercado norte-americano um dos primeiros em que apostou.



Contactada pelo TeK, a empresa não quis divulgar o valor do negócio.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.