A Altice fechou um acordo para a venda das cerca de três mil (2.961) torres de telecomunicações em Portugal e de 10 mil em França por 2,5 mil milhões de euros, informou a empresa em comunicado.

Em Portugal, a venda foi feita a um consórcio do qual faz parte a Morgan Stanley Infrastructure Partners e a Horizon Equity Partners, tendo ficado avaliada em 660 milhões de euros. Contudo, a Altice Portugal reinvestirá parte das receitas para deter uma participação financeira de 25%, em parceria com o consórcio”, informa a Altice em comunicado.

A transação contempla a criação de uma empresa denominada Torres de Portugal (ToP) que, segundo o grupo francês, será “a primeira empresa independente de torres de comunicações” no país e irá permitir “que outras operadoras tenham acesso às torres e que possam expandir as suas redes 4G/5G em linha com as recentes recomendações do regulador português sobre partilha de infraestruturas”.

Foi feito um acordo inicial entre a Altice Portugal e a empresa que foi criada para deter e gerir as torres por um prazo inicial de 20 anos. Também será acordada a construção de 400 novas torres entre a Altice e a ToP, o que pode gerar 60 milhões de euros de receitas adicionais para a operadora em quatro anos.

A transação deverá estar concluída no terceiro trimestre de 2018.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.