O Android é o novo líder do mercado mundial de smartphones, afirma a Canalys. O sistema operativo móvel da Google estava presente em 32,9 milhões de telefones vendidos no último trimestre de 2010, ultrapassando os 31 milhões de terminais Symbian, da Nokia.

A companhia finlandesa mantém, no entanto, a sua posição de liderança entre as fabricantes, com uma quota de mercado de 28 por cento. Até porque os 33 milhões de telemóveis Android vendidos incluem equipamentos fabricados por diversas marcas, que recorrem à plataforma de código aberto promovida pela Google.

Entre estas, destacaram-se principalmente os desempenhos da LG, Samsung, Acer e HTC, adianta a Canalys. Só a HTC e a Samsung foram responsáveis por 45 por cento do total de equipamentos Android que chegaram às lojas.

De acordo com os dados apresentados hoje pela consultora especializada no mercado das TI, nos últimos três meses de 2010 o mercado de telefones inteligentes continuou a crescer. As fabricantes enviaram para as lojas 101,2 milhões de unidades, o que representa um aumento de 89 por cento face ao mesmo período do ano anterior.

No total, foram produzidos em 2010 cerca de 300 milhões de smartphones (contagem à saída de fábrica), acrescenta a consultora, que coloca a taxa de crescimento anual na ordem dos 80 por cento.

O mercado da EMEA, do qual faz parte o europeu, continua a afirmar-se como o maior a nível mundial, com o número de encomendas a situar-se nos 38,8 milhões de unidades e um crescimento de 90 por cento face ao ano anterior. Aqui a Nokia continua a ser quem mais vende, ao contrário do que acontece, por exemplo nos EUA, onde a RIM mantém o domínio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.