O início das vendas ficou previsto no acordo estabelecido, depois de vários avanços e recuos, em dezembro. O negócio, válido por mais de um ano, é considerado como o maior acordo que a marca da maçã já estabeleceu a nível da venda de iPhone.

Estima-se que a China Mobile tenha perto de 700 milhões de clientes, mas allém do grande número de novos potenciais clientes, a tecnológica de Cupertino firma uma posição importante no mercado asiático, o que lhe permitirá combater o crescimento do Android e a afirmação do Windows Phone.

Na China estima-se que a Samsung lidere o mercado com uma quota de 21% e que a Apple esteja em sexto, com 9% de quota.

Espera-se durante 2014 sejam vendidos 12 milhões de iPhone na China. As reservas na China Mobile ascendiam quarta-feira a 1,3 milhões, segundo reportou a empresa. Livre de operadora, o modelo mais barato do smartphone dos iPhone 5C custa cerca de 600 euros.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.