A Ar Telecom vai abandonar o mercado residencial e concentrar a sua atuação apenas no segmento empresarial, anunciou a prestadora de serviços de voz, Internet e televisão.

A empresa de João Pereira Coutinho espera que este reposicionamento estratégico lhe permita crescer cerca de 20% ao ano, refere uma nota de imprensa.

Por detrás da decisão estará a reduzida quota de mercado da operadora, que nos últimos trimestres foi inferior a 1%, numa altura em que a concorrência no mercado de televisão paga não abranda.

Os clientes da Ar Telecom já terão começado a ser avisados de que vão deixar de ter acesso ao serviço a partir de 30 de novembro. De acordo com o Jornal de Negócios, os clientes da empresa estarão a ser aconselhados a migrar para a Zon.

"Esta evolução cria oportunidades ao nível dos serviços avançados de telecomunicações, tecnologias de informação, virtualização e serviço de clouding, de elevado valor acrescentado e, que contribuem decisivamente para a competitividade das empresas e organizações clientes da Ar Telecom", garante a empresa.

O TeK tentou contactar ainda ontem a Ar Telecom para obter mais esclarecimentos mas não foi possível. Continuamos a aguardar resposta da operadora a algumas questões.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.