A TMN está desde o início do ano a fornecer aos clientes que adquirem novas contas na sua rede um novo indicativo. O 926 é um sinal de que a operadora chegou perto do limite de capacidade do anterior indicativo 96, um barreira atingida pouco depois dos 6 milhões de clientes, marca atingida no ano passado.



De acordo com a legislação do sector, os operadores devem requerer ao regulador novo indicativo quando atingirem 60 por cento da capacidade actual, relativamente ao número de clientes activos, como avançou o Correio da Manhã. A TMN terá feito o pedido ainda em Abril do ano passado e depois dela já a Vodafone tomou a mesma medida, ainda sem resposta, complementa hoje o Diário de Notícias.



A TMN lidera o mercado com 6,261 milhões de clientes, um número que também inclui os clientes da operação móvel virtual Uzo, onde também já está a ser usado o novo indicativo.



No caso da Vodafone o novo indicativo pedido à Anacom é o 921. Os próximos pedidos que o regulador receber para novas gamas de numeração terão também como resposta o 92, que será atribuído até ser esgotado.



Notícias Relacionadas:

2007-07-17 - Novo indicativo 92 garante alternativa para números móveis

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.