Entre o primeiro e o segundo trimestre deste ano, o número de clientes do serviço móvel terrestre aumentou em 3,5 por cento situando-se nos 7,2 milhões, indicam dados compilados pelo Instituto das Comunicações de Portugal (ICP) divulgados hoje.



Comparativamente a igual período do ano passado, constata-se que aderiram ao serviço dois milhões de novos subscritores, dados que voltam a colocar Portugal acima da média da União Europeia em termos de taxa de penetração (71,9 em Portugal, face aos 69,4 na UE).



O crescimento de 3,5 por cento no segundo trimestre face ao trimestre anterior equivale à adesão de 245 mil novos clientes ao serviço. Face ao segundo trimestre de 2000, verificou-se um aumento de 38,7 por cento.



Os dados do ICP indicam ainda que o tempo de conversação somado entre os três operadores GSM entre Abril e Junho deste ano totalizava 2,5 mil milhões de minutos - mais 10 por cento do que no trimestre anterior -, com cada chamada a durar em média 87 segundos.



No mesmo período, estabeleceram-se 1,7 mil milhões de chamadas, mais 8 por cento face ao trimestre anterior, cabendo a cada assinante a responsabilidade pela realização diária de um pouco menos de três chamadas.




Notícias Relacionadas:

2001-03-06 - Clientes do serviço móvel terrestre são 6,7 milhões

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.