O sistema de comunicações móveis analógico nos Estados Unidos tem os dias contados. A Federal Communications Commission (FCC), entidade reguladora do mercado das telecomunicações norte-americano, anunciou ontem a decisão de estabelecer um período de 5 anos para o encerramento das redes analógicas de comunicações móveis.




As empresas continuarão a ser, até 2007, obrigadas a manter esse serviço, apesar da grande maioria dos utilizadores de telemóveis norte-americanos já usar a tecnologia digital. A manutenção em paralelo dos dois tipos de redes, com a evolução próxima para as comunicações de terceira geração, acarreta custos elevados para as empresas que mantêm os dois tipos de serviços.




A FCC tenta com esta medida proteger os direitos dos utilizadores das redes analógicas, que se elevam ainda a 20 milhões e que podem não ter a possibilidade de pagar a transição para as redes digitais em termos de serviços e equipamentos.




Na decisão de ontem, a FCC constata que o sistema analógico atingiu o seu objectivo de assegurar o acesso público a uma rede de comunicações móveis de baixo custo e com cobertura nacional, mas que actualmente não é necessário mantê-lo, até porque implica custos elevados e dificulta uma melhor gestão do espectro rádio.




De acordo com dados da Cellular Telecommunications & Internet Association, dos 137 milhões de utilizadores de redes móveis nos Estados Unidos, 85 por cento estão ligados a redes digitais. Os quase 21 milhões de clientes de redes analógicas vão assim gozar de um período de 5 anos para mudar de rede, uma alteração que poderá ser feita directamente para serviços de terceira geração (3G).



Notícias Relacionadas:

2001-08-07 - 3G nos Estados Unidos cada vez mais atrasado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.