Durante a feira internacional CTIA em Las Vegas, a fabricante Hop-on demonstrou alguns dos seus equipamentos móveis conceptuais mais económicos. Os dispositivos, que integram chips Texas Instruments e operam na faixa dos 900/1800 MHz. Estranho é pensar que estes equipamentos não têm qualquer ecrã, têm o mesmo tamanho de uma carta de um baralho normal e são descartáveis.



O material de fabrico destes equipamentos é essencialmente o plástico. Para falar ao telefone, os utilizadores usam um cabo semelhante a um auricular para telemóvel. Mesmo sem primarem pela beleza, o preço destes telemóveis inspirou a audiência, já que o valor de venda aconselhado para o produto é de 13 euros.


http://imgs.sapo.pt/gfx/449106.gif




É de salientar que este é um artigo apropriado para quem quer manter o seu anonimato. Ao contrário de um equipamento normal, o telemóvel Hop-on funciona através de cartões de tempo, que podem ser adquiridos em modalidades de 60, 90 e 120 minutos em conversações.



Depois de uma apresentação bem sucedida, a fabricante anunciou que fechou um contracto com um distribuidor europeu - cujo nome não foi revelado - que se encarregou de comprar 10 mil telemóveis deste modelo para testar o nível de venda dos mesmos na Europa.



Peter Michaels, presidente da Hop-on frisou que "durante a reunião com distribuidores europeus, a resposta aos equipamentos de 13 euros foi fenomenal", pelo que o movimento introdutório inicial do telemóvel na Europa será apenas o pontapé de saída para "uma introdução em grande" da Hop-on no continente.



Notícias Relacionadas:

2008-02-07 - Utilização de telemóveis contribui para diminuição do fosso digital

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.