A pensar no período de férias que se avizinha, a Selectra analisou os serviços de telecomunicações no mercado e lançou algumas recomendações, para quem pensa em passar alguns dias longe da confusão e das muitas opções para nos ligarmos à internet, disponíveis nos centros urbanos.

A empresa, especialista na comparação de tarifas de telecomunicações, avaliou os serviços de banda larga por satélite, que podem ser uma opção a considerar por quem viaja para zonas mais remotas do país, onde a fibra ainda não chegou e a rede móvel funciona mal. Os serviços de satélite, por funcionarem a partir do espaço, asseguram uma cobertura universal, ainda que, em geral, sejam mais limitados na largura de banda que conseguem assegurar.

Segundo a empresa, as ofertas disponíveis no mercado português contemplam velocidades entre os 5 e os 100 Mbps e, dependendo do fornecedor, estão associadas a equipamentos que podem requerer montagem técnica, ou ser instalados pelo próprio utilizador. A opção com melhor relação custo/benefício, para quem precisa de contratar um serviço por um período limitado de tempo, conclui a Selectra, é disponibilizada pela SkyDSL. A instalação do sistema é feita pelo utilizador. Os pacotes destacados são os seguintes:

Selectra
créditos: Selectra

Nas zonas onde a internet móvel é opção, a análise da Selectra destaca as ofertas da NOS. A empresa lembra que há opções de tarifários pré e pós-pagos, os primeiros mais adequados para quem precisa do serviço apenas durante alguns dias, já que não têm associadas obrigações contratuais. “Existem várias opções deste género no mercado, com ou sem router incluído, e o objetivo é que vá renovando o seu tarifário apenas quando precisar de ter acesso à internet”, detalha-se.

A oferta destacada da NOS, para esta modalidade, é um pacote para 8 dias de utilização, que custa 15 euros, ou 49 euros, se tiver intenção de partilhar internet por vários equipamentos e precisar de um hotspot.

A segunda opção - tarifários pós-pagos - é mais vantajosa para quem quer usar banda larga de forma recorrente, porque o local remoto que precisa de ligação é uma casa de férias da família, por exemplo. A oferta da NOS destacada pela Seletra, com fidelização associada ronda os 30 euros mensais e está disponível para clientes e não clientes da operadora.

A Selectra sublinha ainda que, nos casos em que o serviço de banda larga vai servir uma zona rural já coberta por fibra ótica e à qual o utilizador se desloca com alguma frequência, vale a pena consultar os pacotes para segunda habitação que todos os operadores já disponibilizam, com exceção da NOWO.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.