O governo espanhol fez aprovar uma medida de apoio ao desenvolvimento da Televisão Digital Terrestre, baixando o IVA aplicável aos sintonizadores e antenas. O objectivo é permitir aos cidadãos fazer o update de televisores e antenas tornando possível a recepção deste tipo de emissões. A medida prevê uma redução do Imposto de Valor Acrescentado (IVA) dos 16 para os 7 por cento.



Ainda não é conhecida a data a partir da qual a medida entrará em vigor, mas segundo o IBL News, que cita fontes do Ministério da Economia e da Fazenda, esta será implementada o mais breve possível, com o objectivo de remover a barreira do preço e impulsionar a audiência da televisão digital.



A TDT já existe em Espanha, embora as primeiras emissões nacionais da televisão pública devam ter lugar apenas no próximo Outono. Esta questão é entendida como prioritária pelo governo de Zapatero que no final do ano passado aprovou nova legislação para a área e antecipou os objectivos de migração para plataformas digitais e abandono das plataformas analógicos. Esta meta deverá cumprir-se até 2010, antecipando em dois anos a data anteriormente fixada.



Actualmente só os televisores de gama alta incluem sintonizador TDT. A forma de compensar esta situação, no entendimento do governo espanhol, é por isso incentivar a compra de sintonizadores externos que permitam equipar televisores convencionais. Esta última medida insere-se. A medida agora aprovada faz parte de um pacote mais amplo de medidas fiscais que pretendem impulsionar a produtividade.




Notícias Relacionadas:

2004-11-12 - Governo relança concurso para Televisão Digital Terrestre no primeiro trimestre de 2005

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.