Os dados dos operadores móveis portugueses são unânimes em afirmar que os ingleses foram os visitantes que mais chamadas efectuaram durante o período do Euro. Este é o ponto comum dos dados divulgados pelos três operadores nacionais de redes móveis, que foram divulgando os seus resultados de roaming ao longo desta semana, sendo que grande parte da informação comunicado não é comparável.



A Optimus detalha que os ingleses realizaram 28 por cento do total de chamadas efectuadas por roamers, seguindo-se a França com 14 por cento do tráfego adicional, a Espanha com 12 por cento, a Holanda com 10 por cento e a Alemanha com 9 por cento.



Durante o período das competições em Portugal, a Vodafone registou 680 mil visitantes estrangeiros, que realizaram 2 milhões de chamadas e geraram cerca de 6 milhões de mensagens escritas, enquanto a Optimus afirma ter fornecido serviços móveis a 700 mil estrangeiros, que contribuíram para aumentar em 500 por cento o volume de SMS enviados, face a igual período do ano passado. A TMN revela que durante o Euro 2004 foram realizadas 2,6 milhões de chamadas de voz e geradas 6,1 milhões de SMS, pelos visitantes estrangeiros.



Segundo a Vodafone, dos estrangeiros que visitaram o país e usufruíram dos seus serviços, 200 mil vieram de Espanha e cerca de 130 mil do Reino Unido. A Alemanha, França e Holanda ocuparam os lugares seguintes. Também na Optimus os espanhóis foram quem mais requereu os serviços de roaming da operadora - com um peso de 34 por cento no total de visitantes - seguindo-se a Inglaterra com 21 por cento. No conjunto dos países participantes, a Optimus registou um aumento de 300 por cento no volume de chamadas efectuadas por roamers.



Em relação aos jogos que originaram mais tráfego, a Optimus refere o jogo Portugal-Inglaterra, seguindo-se o jogo Alemanha-Holanda e Portugal-Grécia.
Por seu lado a Vodafone aponta a final do Euro, durante a qual o seu tráfego de voz aumentou 600 por cento e o volume de mensagens escritas 1500 por cento. A operadora ressalva ainda que, em termos médios, durante os jogos de Portugal, o tráfego na rede Vodafone na zona do estádio triplicou, enquanto o volume de SMS foi seis vezes maior.



A Optimus refere ainda que os perfis dos visitantes oriundos dos vários países foi distinto, com ingleses e franceses a permaneceram no país e utilizarem os serviços da operadora durante todo o Euro (com pequenas quebras após a eliminação das respectivas selecções). Por seu lado, utilizadores croatas e búlgaros, vieram a Portugal essencialmente ver os respectivos jogos.



No que respeita aos serviços móveis mais utilizados, para além da voz, os operadores não divulgam muitos detalhes. Apenas a TMN, que patrocinou oficialmente as comunicações móveis do evento, faz referência aos vídeos dos golos para telemóveis multimédia, notícias oficiais da UEFA e a imagem do Kinas, como exemplos dos serviços mais requisitados.



Notícias Relacionadas:

2004-06-24 - Campeonato do Euro dinamiza utilização de redes móveis em roaming

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.