Depois de no final do mês passado o líder do regime cubano, Raul Castro, anunciar que a compra de telemóveis passaria a ser uma possibilidade ao alcance de todos os cidadãos e não apenas para os funcionários do governo e turistas, milhares de cubanos correram às lojas para adquirir aquele que seria o primeiro equipamento móvel comprado legalmente no país.




A venda oficial começou e muitos foram os cidadãos que se dirigiram aos postos de venda da Empresa de Telecomunicações de Cuba (ETECSA), que já iniciou a venda dos telemóveis.




Apesar de estarem à disposição de todos os cubanos, os preços exigidos pelos equipamentos são demasiado elevados para os bolsos da maioria da população. O preço médio de um telemóvel é de cerca de 100 pesos convertíveis, o mesmo que 108 dólares norte-americanos.




Todos os dispositivos são vendidos mediante contratos pré-pagos para cidadãos naturais do país. Por outro lado, os cubanos que já haviam comprado equipamentos de forma ilegal, utilizando nomes de estrangeiros, deverão actualizar os seus dados a partir de dia 8 de Junho, caso queiram manter o mesmo número e o serviço activo.



Notícias Relacionadas:

2008-03-28 - Governo cubano autoriza a utilização de telemóveis entre civis

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.