Vários cidadãos nova-iorquinos acordaram esta segunda-feira com um alerta de emergência a "palpitar" no ecrã dos seus telefones.

Depois de um atentado terrorista que provocou 29 feridos neste último sábado, o FBI emitiu um alerta geral em forma de mensagem celular que visava partilhar por toda a cidade informação relevante para a identificação do suspeito.

[caption][/caption]

A mensagem de texto foi difundida por volta das 8h00 locais e, para além do nome, idade e fotografia do suspeito, aconselhava também as pessoas a não se aproximarem das janelas de casa visto que a polícia estaria a tentar detonar outros engenhos explosivos.

[caption][/caption]

Este tipo de alerta é comum nos Estados Unidos e é utilizado, geralmente, para anunciar raptos, riscos de catástrofe natural e outras situações de crise. Esta foi a primeira vez, no entanto, que o mecanismo foi utilizado para difundir a busca por um suspeito de terrorismo que já foi, entretanto, capturado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.