A Nokia anunciou a primeira plataforma de banda larga de sexta geração do mundo, a Lightspan MF-14. A fabricante finlandesa assume-se como pioneira na indústria de telecomunicações que está a entrar na era da “fibra para tudo”. A nova plataforma de fibra PON promete ser capaz de suportar banda larga aos serviços de consumidor, aplicações para Indústria 4.0, conetividade para negócios, transportes 5G e serviços de smart cities, sendo quatro vezes mais rápida que a geração anterior.

A tecnológica diz a Lightspan MF-14 vai permitir expandir o portfólio de fibra de banda larga, prometendo capacidade sem igual, baixa latência, inteligência, mais segurança e a maior eficiência energética, “permitindo aos operadores endereçar as necessidades de banda larga para as próximas décadas”.

Nokia Lightspan MF-14

A nova tecnologia de banda larga, designada como Brodband 6 pela World Broadband Association (WBBA) destaca-se pela redução do custo total da posse (TCO na sigla inglesa) e a diminuição geral de consumo de energia. O Lightspan MF-14 tem o primeiro terminal de linha ótica de sexta geração do mundo e a Nokia diz que já foi escolhida por clientes que querem construir redes com capacidade de 25 GB por segundo na Europa, América do Norte e Ásia-Pacífico.

Segundo explica Geert Heyninck, vice-presidente da Nokia para as Redes de Banda Larga, a fibra doméstica está a tornar-se a “fibra para tudo”, através de diversas tecnologias avançadas PON que permitem acomodar todos os novos serviços. “Se pensar nisso, o número massivo de pontos de conexão da fibra torna-o um desafio de se obter uma visão instantânea de tudo o que se acontece na sua rede, manter o controlo total automático da mesma e realizar ações sem interrupções no serviço”.

Veja na galeria imagens da nova solução da Nokia

Adianta que o seu portfolio atual dá conta desses requerimentos e outros serviços que possam surgir, mas afirma que a Nokia está já com os olhos postos no futuro. E a plataforma MF-14 vai permitir aos operadores que estão a planear escalas maiores de 25G PON, 50G e até 100G PON manter-se no mesmo ambiente.

Na prática, a nova geração de banda larga da Nokia vem satisfazer as necessidades de fibra atuais, que é utilizar as mesmas redes PON residenciais, que também passam por edifícios comerciais, eliminando a necessidade de redes com múltiplas camadas, reduzindo a escavação de mais buracos nas ruas e baixa o consumo de energia substancialmente, em cerca de 20%. Além de aumentar a performance da rede exponencialmente em relação à utilizada atualmente, a Lightspan MF-14 promete ser uma duração para durar décadas.

A tecnologia da Nokia baseia-se em hardware avançado e um design de software desagregado, sendo referenciado pela empresa como a única solução preparada para a entrega de serviços 100G PON. Tem ainda os requisitos de latência sub-milissegundos necessários para missões críticas da Indústria 4.0 e serviços de transporte 5G.

A Frontier Communications, que foi a primeira operadora dos Estados Unidos a testar a rede 25G PON e a avaliar a MF-14 da Nokia, diz que oferece as ligações mais rápidas aos seus clientes, ao mesmo tempo que prepara a sua própria rede de fibra para 100G no futuro.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.