A norueguesa Opera Software apresentou esta semana uma tecnologia que, garante a empresa, resolve o problema de ler páginas normais da Web escritas em HTML num pequeno ecrã de um telemóvel.

Ao contrário de algumas companhias, que filtram parte dos conteúdos para que possam caber num browser limitado, a Opera afirma ter conseguido adaptar todo o conteúdo de forma a ser visualizado no ecrã. O novo método desta produtora de software reduz o scrolling ao disponibilizar verticalmente o conteúdo de uma página da Web. Deste modo, os utilizadores precisam apenas de fazer scroll para cima e para baixo.



Esta tecnologia de navegação na Web por telemóveis e outros dispositivos de dimensões reduzidas – designada de Small-Screen Rendering - é a mais recente abordagem criada para ultrapassar um difícil problema tecnológico, isto é, como aceder a páginas da Web concebida para ecrãs de secretária de 17 polegadas em telemóveis que cabem nos bolsos das camisas.



O WAP (Wireless Application Protocol), desenvolvido pela Open Mobile Alliance foi um destes formatos, consistindo numa linguagem para publicar pequenas versões de páginas Web. Mas, esta tecnologia revelou-se um fracasso devido à falta de conteúdos, dado que a maior parte dos sites não queria suportar vários diferentes formatos.



Por outro lado, o iMode, da operadora japonesa NTT DoCoMo, conseguiu evitar alguns dos problemas do WAP no que toca à falta de conteúdos, embora não disponibilize o acesso total à Internet. Outra alternativa passou por permite que os utilizadores de telemóveis fizessem scroll através de páginas HTML normais de lado a lado e para cima e para baixo, oferecendo-lhes apenas uma pequena perspectiva da página inteira.



O browser da Opera realiza todas as funções de rendering da página no próprio telemóvel, eliminando a necessidade de servidores dispendiosos e complexos junto das operadoras de telecomunicações. A tecnologia de Small-Screen Rendering irá ficar disponível a partir do momento em que os fabricantes de telemóveis a adoptarem, provavelmente no final do ano ou no princípio do próximo trimestre.



A nova tecnologia da empresa norueguesa resulta de uma iniciativa recentemente divulgada de reescrever completamente o motor do browser da companhia. Esse motor reescrito irá formar a base do Opera 7 e irá inclui na versão Windows a nova tecnologia de Small-Screen Rendering de forma a que os webdesigners possam ver de que forma é que os telemóveis irão exibir as páginas.


Notícias Relacionadas:

2002-08-22 - Opera reescreve código do seu browser para obter ganhos de velocidade
2001-11-30 - Novo Opera 6.0 surge com interface personalizável
2001-05-19 - Symbian licencia browser móvel da Opera

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.