A Agência Nacional de Telecomunicações brasileira (ANATEL) tem atribuído várias multas às operadoras do país por não cumprirem as metas de qualidade exigidas na prestação de serviços móveis.

No espaço de um mês a Vivo foi multada quatro vezes, duas das quais foram aplicadas ontem, 3 de abril, e diziam respeito a processos iniciados contra a empresa em 2010 e 2011. No total a operadora vai ter que desembolsar 191 mil reais, cerca de 73 mil euros, não por não cumprir os requisitos mínimos de qualidade e por estar a infringir o Regulamento do Serviço Móvel Pessoal.

A ANATEL aplicou mais três multas à Telemar, uma empresa do grupo OI - no qual a Portugal Telecom tem participação - e que são relativas às investigações iniciadas em 2006 e 2007. Em causa está também o serviço prestado abaixo das qualidades exigidas. A sede da empresa no Rio de Janeiro foi multada em 3,3 milhões de reais, enquanto a filial do Amazonas foi condenada ao pagamento de 2,66 milhões de reais.

Traduzido em euros, a Telemar vai ter que pagar qualquer coisa como 2,3 milhões em multas.. só relativas a esta semana. Na última semana de março a OI foi considerada culpada em mais oito infrações investigadas pelas autoridades reguladoras.

Segundo a imprensa brasileira, desde o mês de fevereiro que a ANATEL tem "disparado" multas pelas várias operadoras e que a OI é quem está no topo das ilegalidades com 80 milhões de reais em coimas.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.