Entre outubro e dezembro os portugueses passaram em média 144 minutos por mês ao telemóvel, menos dois que no trimestre anterior, revelam números hoje divulgados pela Anacom. A esmagadora maioria do período (133 minutos) foi consumido em comunicações dentro da rede. As chamadas para outras redes móveis foram as segundas mais relevantes e a seguir a essas as comunicações para a rede fixa.



A duração média das chamadas realizadas a partir da rede móvel no mesmo período foi de 146 segundos (cerca de dois minutos e meio) e o número de SMS enviadas atingiu os sete mil milhões, menos 1,6% que nos três meses antes.



Os números da Anacom também revelam que o número de minutos cursados na rede móvel diminuiu face ao mesmo período do ano passado. Na comparação com o trimestre anterior o indicador manteve-se quase igual, caindo 0,4%.



No trimestre estiveram ativos 12,2 milhões de equipamentos móveis, excluindo os cartões alocados a comunicações Machine to Machine, placas ou modem. O número total de cartões móveis habilitados a realizarem comunicações móveis é maior e atingiu no final de dezembro os 16,8 milhões.



Como o TeK já tinha escrito ontem os serviços de Internet móvel em banda larga (3G), são utilizados por 4,4 milhões de subscritores dos serviços móveis, mais 8,9% que nos três meses anteriores, representando 33,2% das estações móveis contabilizadas nos números do regulador.



Neste grupo 978 mil cartões representam utilizadores de banda larga móvel através de placa ou modem, uma opção que se tem tornado menos popular entre trimestres: no período em análise recuou 24,1%. Esta tendência de queda tem siso compensada pelo crescimento do acesso à Internet através do telemóvel.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.