A estratégia de entrar no capital de operadoras africanas tem levado a Portugal Telecom a várias aquisições. A empresa quer agora uma participação na Zambia Telecom e já está entre as empresas que integram a short list, avançou a agência Bloomberg.

O Governo da Zâmbia vai privatizar entre 51 e 75% da operadora nacional, e são várias as empresas que estão na corrida para assumir posição no capital.

Para além da PT concorrem a sul-africana Telkom, a egípcia Orascom e a angolana Unitel, que é também participada da PT a 25%.

Para além da brasileira Vivo, onde a Portugal Telecom partilha o capital com a Telefonica, a empresa portuguesa tem posições financeiras em mais sete empresas e operadoras no estrangeiro, com destaque para a brasileira CST, onde detém 51% do capital, e a Timor Telecom, onde a sua posição é de 41,12%.

A PT detém também 40% da Cabo Verde Telecom (CVT), 32,18% da Médi Télécom em Marrocos, 34% da empresa de soluções MTC e 25% da operadora angolana Unitel.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.