A queda das tarifas e a desaceleração do tráfego vai provocar uma queda das receitas provenientes das linhas fixas de voz ao longo dos próximos cinco anos na maior parte dos mercados europeus. Esta é uma das conclusões do estudo "Western European Voice Telephony Services", conduzido pela IDC, onde também é salientado que, desta forma, o crescimento será negativo em muitos mercados.



Na opinião de Hamish Mackenzie, analista do programa de Serviços de Telecomunicações Europeus da IDC, a liberalização do mercado permitiu que a concorrência se intensificasse, alterasse os regulamentos, e que as tarifas fossem consequentemente reduzidas, isto apesar do operador incumbente continuar a deter a maior parte dos clientes e ligações.



Hamish Mackenzie refere ainda que, perante a má situação económica e o facto dos operadores mais recentes prepararem novas soluções e apresentarem novas tecnologias, poucos incumbentes parecem estar suficientemente preparados para encontrar estratégias de consolidação através da expansão internacional ou criação de novos serviços, não esquecendo que as dívidas constituem um problema sem solução à vista.



Apesar das ligações de telefonia fixa serem ainda a principal fonte de receitas dos operadores históricos, as empresas deverão encontrar novas formas para rentabilizar os seus produtos. Ainda de acordo com a IDC, os lucros provenientes dos telemóveis, Internet e serviços de comunicação de dados continuam a crescer em toda a Europa, demonstrando que os serviços das telecomunicações estão a aumentar.



Notícias Relacionadas:

2002-02-25 - Comissão Europeia abandona determinação de melhores práticas para custos de telecomunicações

2001-11-30 - Liberalização das Telecomunicações europeias continua lenta

2001-11-26 - ICP reformula pacote de preços e condições para o acesso ao lacete local

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.