Lisboa recebe hoje e amanhã uma conferência da OCDE para discutir as oportunidades e desafios nas políticas ligadas à utilização de redes baseadas em sensores, dirigida a problemas globais.

Os objectivos do evento passam por ajudar os decisores políticos a entender as redes baseadas em sensores e as contribuições que estas podem dar para o bem-estar social e económico. Passam ainda pela intenção de ajudar estes decisores a perceber como podem estimular a inovação neste tipo de tipo de tecnologia, promovendo-a onde é mais necessária e potencialmente mais interessante, explica uma nota de imprensa da UMIC.

Entre as sessões em agenda estão temas como os cuidados de saúde a idosos; protecção do ambiente; sistemas inteligentes de transportes ou políticas públicas de inovação e investigação, privacidade, segurança e interoperabilidade, no contexto do tema do evento.

O evento decorre no Corinthia Hotel e prolonga-se até amanhã. É presidido por Luis Magalhães, Presidente da UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento, IP e Vice-Presidente do Comité para Políticas de Informação, Computadores e Comunicações da OCDE. Nos diversos painéis conta ainda com a participação de alguns investigadores portugueses, que preenchem uma agenda também composta por convidados que chegam de países como os Estados Unidos, Austrália e vários países europeus.

"As redes baseadas em sensores e as tecnologias associadas prometem contribuir para responder a importantes desafios como a protecção do ambiente, a prestação de cuidados de saúde e de idosos, a melhoria da segurança e eficiência dos transportes, a organização da resposta a desastres naturais, o aumento do controlo de qualidade e da produtividade por uma melhor monitorização dos processos de produção e distribuição da indústria e serviços", defende-se na nota de imprensa.

As redes baseadas em sensores agrupam estes elementos numa infra-estrutura que serve para medir ou detectar características como movimento, calor, luz ou localização, informação que convertem em representações analógicas ou digitais.

Mais detalhes da agenda e objectivos do evento podem ser vistos online.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.