Um novo sistema, desenvolvido em parceria pela Fundação Vodafone Portugal e o Ministério da Administração Interna, vai permitir à PSP avaliar as situações de perigo dentro dos táxis portugueses e determinar a sua localização após a emissão de um alerta por parte do motorista. O projecto foi apresentado hoje em Sintra e vai equipar a curto prazo 700 táxis de concelhos limítrofes de Lisboa.

O sistema inovador na prevenção e no combate à violência sobre taxistas e que vai arrancar numa fase experimental em nove concelhos da área metropolitana de Lisboa e equipa já 20 carros que estão em circulação. A Fundação Vodafone Portugal é o financiador exclusivo do projecto, tendo investido 500 mil euros no equipamento que será integrado nos veículos e também no desenvolvimento do próprio sistema.

Na base do sistema está a utilização da rede GSM e do sistema de localização por satélite GPS que permite ao taxista alertar a Polícia de Segurança Pública para uma situação de perigo. A partir do momento em que é emitido o alerta a PSP tem acesso ao som do interior do veículo e pode determinar a sua localização exacta.

Durante a apresentação do projecto o ministro António Costa anunciou que o Governo vai legislar sobre a videovigilância, mas assegurando que não é violado o direito de privacidade dos utilizadores.

Notícias Relacionadas:

2005-08-07 - Vodafone e ACAPO promovem formação em informática para deficientes visuais
2005-09-29 - Conselho de Ministros aprova uso da videovigilância pelas forças de segurança

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.