Portugal ocupa a oitava posição da tabela da OCDE no que se refere à velocidade de acesso à banda larga. De acordo com os números recolhidos pela organização, a velocidade média de download dos serviços de Internet em Portugal é de 12,955 Mbps, valor que resulta da média ponderada de 28 ofertas.



Os números, que têm por base as velocidades publicitadas pelos operadores, colocam Portugal entre os melhores países da União Europeia, na quinta posição da tabela, à frente de países como o Reino Unido, a Alemanha, Estados Unidos, Espanha ou Dinamarca. O Japão é o país que lidera esta análise às velocidades de acesso à banda larga disponíveis em cada país da OCDE, com uma velocidade média de 93,693 Mbps.



O relatório é citado pelo gabinete do Plano Tecnológico, que afirma ainda que "a largura de banda é decisiva para que o acesso às novas tecnologias possa constituir um factor de competitividade económica e empresarial. Portugal tem feito um enorme esforço, no quadro duma parceria alargada entre as políticas públicas e os operadores privados para se situar na fronteira tecnológica neste domínio".



Os dados da OCDE traçam uma realidade bastante diferente da reportada por outras entidades em relação à velocidade da banda larga em Portugal.



Para o mercado residencial a oferta mais elevada actualmente é de 30 Mbps, fornecida pela TV Cabo, que lançou essa modalidade ainda este mês. Contudo, e como indicam os números do regulador português, disponibilizados em Novembro passado, a velocidade de referência na banda larga está ainda nos 4 Mbps.



Notícias Relacionadas:

2007-11-28 - Preços da banda larga em Portugal 32,6% abaixo da média europeia

2007-07-18 - Portugal lidera penetração de Internet entre países mediterrânicos

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.