Quando trocamos mensagens através de telemóvel somos mais sinceros nas respostas que damos do que quando falamos ao telefone, isto segundo os resultados preliminares de um estudo da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, revelados agora.

A análise abrangeu 600 utilizadores de terminais móveis (mais precisamente, portadores de iPhone), a quem foram colocadas perguntas via texto e voz, examinando as diferentes reações consoante as perguntas eram feitas através de uma mensagem gravada ou por uma pessoa, ou conforme o entrevistado estava sozinho ou na presença de alguém, entre outros aspetos.

Os participantes responderam a perguntas diversas, com temas que versaram desde a prática de exercício físico ao consumo álcool.

"Os resultados preliminares indicam que há mais probabilidades de uma pessoa revelar informação mais delicada através de uma mensagem de texto do que numa chamada telefónica", refere Fred Conrad, um dos investigadores envolvidos no estudo.

Os investigadores acreditavam que tal acontece porque a troca de SMS não pressupõe a pressão de tempo imposta numa conversa telefónica. "Como resultado, os interlocutores podem demorar mais tempo para dar respostas mais precisas".

Tal acontece mesmo quando os utilizadores estão com outras tarefas em mão ou em ambientes onde estejam sujeitos a mais distrações.

O estudo pretendeu analisar as mudanças nos padrões de comunicação nos Estados Unidos e o seu impacto no sector, numa altura em que cerca de uma em cada cinco famílias naquele país
já não tem telefonia fixa, usando apenas as redes móveis.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Patrícia Calé

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.