O interesse da Oni em alienar a área de clientes residenciais e SoHo já tinha sido referido por várias vezes e face às notícias que têm surgido no mercado a Sonaecom e a OniTelecom emitiram um comunicado conjunto onde confirmam a existência de negociações, mas ainda sem acordo finalizado.

A “operação, a concretizar-se, vem ao encontro das estratégias das duas companhias”, sublinha o comunicado à imprensa.

Depois da compra da Oni pelos accionistas do The Riverside Group e Gestmin, a nova administração tinha já dito que o plano estratégico da empresa passava por se concentrar no mercado empresarial e na melhoria da qualidade dos serviços prestados.

Ficavam assim de fora os clientes residenciais, ligados principalmente através de pacotes OniDuo e as pequenas empresas – o mercado SoHo.

“Trata-se de uma oportunidade muito interessante quer para nós quer para os actuais Clientes não empresariais da Oni. Para a Sonaecom representaria mais um passo decisivo da nossa estratégia de crescimento”, admite Pedro Ramalho Carlos, responsável pelo negócio fixo da Sonaecom, em comunicado.

Se o negócio for concluído com sucesso os clientes da Oni transitariam para a oferta do Clix, com um pacote de voz e dados integrado.

Por seu lado João Macias, COO da ONI, explica que "a concretização desta operação poderá permitir focar definitivamente o nosso crescimento e investimento naqueles que para nós são os mercados estratégicos - o mercado empresarial e de operadores, onde já detemos mais de 20% de quota de mercado e onde continuamos atentos a todas as oportunidades para reforçar a nossa liderança".

Notícias Relacionadas:

2007-02-02 - Nova Comissão Executiva da Oni quer melhorar resultados da empresa
2006-11-10 - EDP vende Oni à Win Reason por 160 milhões de euros

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.